- PUBLICIDADE -

Quem são os candidatos disputando a presidência da Câmara?

Quem são os candidatos disputando a presidência da Câmara?

- PUBLICIDADE -

Todos os olhos em Brasília estarão voltados para o Palácio do Congresso Nacional nesta sexta-feira (1º). As duas Casas devem eleger seus presidentes para mandatos de dois anos.

O presidente da Câmara é o terceiro na linha de sucessão presidencial. É ele que assume o comando do Executivo se o presidente e o vice estiverem impedidos ou fora do país.

Mas seu maior poder é o de definir quando – e como – as leis e as medidas propostas pelo governo serão votadas.

Abaixo, a RENOVA apresenta os seis prováveis candidatos ao cargo, contando com apoio formal de 16 bancadas.

Fábio Ramalho (MDB-MG)

O deputado é o atual vice-presidente da Câmara. Para chegar ao posto, Ramalho derrotou o candidato oficial do MDB, Lúcio Vieira Lima, e, no segundo turno, o candidato apoiado pela bancada ruralista, Osmar Serraglio.

Agora, Ramalho, de 57 anos, voltará a enfrentar as cabines de votação da Câmara como candidato “avulso”: o MDB apoiará formalmente a eleição de Rodrigo Maia.

Ramalho nasceu em Brasília, mas fez carreira política na região do Vale do Mucuri, em Minas Gerais. É formado em Direito por uma faculdade desta região, onde tem sua base eleitoral.

João Henrique Caldas (PSB-AL)

João Henrique Caldas, o JHC, está no segundo mandato como deputado federal pelo Estado de Alagoas.

JHC começou sua vida política muito cedo: aos 23 anos foi eleito para seu primeiro cargo, o de deputado estadual em Alagoas. Hoje, tem 31 anos de idade.

Atualmente, o deputado ocupa a 3ª Secretaria da Mesa da Câmara – é ele que libera o reembolso das passagens aéreas internacionais dos colegas, além de analisar as justificativas de faltas.


Marcel Van Hattem (Novo-RS)

Marcel Van Hattem é de ascendência alemã e holandesa. O deputado cursou parte de seu programa de mestrado em uma universidade da capital holandesa, Amsterdã (a outra metade foi feita na Universidade de Aarhus, na Dinamarca). Ele também trabalhou durante um período no governo holandês.

Em outubro, Van Hattem se elegeu para seu primeiro mandato como deputado federal, com mais de 345 mil votos – foi o mais votado do seu Estado.

Marcelo Freixo (PSOL-RJ)

Marcelo Freixo cumpriu três mandatos consecutivos como deputado Estadual pelo PSOL no Rio – em 2014, foi o mais votado na disputa.

Formado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Freixo trabalhou como consultor em direitos humanos e professor antes de conquistar seu primeiro cargo eletivo.

Nas eleições de 2018, Freixo conquistou seu primeiro mandato como deputado federal, sendo o segundo mais votado do Estado – teve 342.491 votos.

Ricardo Barros (PP-PR)

Ricardo Barros é um político e empresário de Maringá, no Paraná, onde tem sua base eleitoral. Em 2018, foi eleito para o seu terceiro mandato como deputado federal.

É filho do ex-prefeito de Maringá e ex-deputado federal Silvio Barros (1927-1979).

Assim como Fábio Ramalho, Barros concorrerá à Presidência da Câmara de forma “avulsa”: seu partido, o PP, apoiará formalmente a candidatura de Rodrigo Maia.

Rodrigo Maia (DEM-RJ)

É o atual presidente da Câmara. Rodrigo Maia chegou ao cargo pela primeira vez em julho de 2016, para um mandato-tampão, depois que o então presidente da Casa, Eduardo Cunha (MDB-RJ), foi afastado do cargo em decorrência das investigações da da Lava Jato.

Naquele ano, Maia derrotou o candidato ligado a Cunha, Rogério Rosso (PSD-DF), no segundo turno da disputa. Em fevereiro de 2017, foi eleito novamente – desta vez já com o apoio do então presidente Michel Temer.

Hoje, Maia conta com o apoio formal das bancadas de 16 partidos. Essa coalizão inclui o partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL, mas também os oposicionistas PCdoB e PDT.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -