- PUBLICIDADE -

‘Querem calar soldados de Bolsonaro’, diz Bia Kicis

‘Querem calar soldados de Bolsonaro’, diz Bia Kicis
Imagem: Reprodução/Twitter

- PUBLICIDADE -

Deputada e outros 17 correligionários foram penalizados pela Executiva do PSL.

A deputada federal Bia Kicis (DF) foi suspensa, nesta terça-feira (3), durante seis meses pelo diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL). 

Kicis e mais 13 deputados do PSL alinhados ao presidente da República, Jair Bolsonaro, estão com as atividades partidárias interrompidas. 

Na prática, segundo o site Metrópoles, Kicis e os correligionários ficam impedidos de representar o partido em comissões e discursos no plenário. 

Em mensagem no Twitter, ao compartilhar a foto da reunião da diretoria do partido, a deputada comentou a determinação da legenda: 

“A turma da foto aí embaixo do PSL raiz, como se autodeclaram, puniu com suspensão de seis meses a mim e a vários outros deputados que pedimos transparência ao PSL. Eduardo Bolsonaro e outros pegaram 12 meses; outros 10; outros três meses. Querem calar os soldados do Jair Bolsonaro e se dizem leais.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -