- PUBLICIDADE -

‘Queria R$ 50 bilhões na mão do Tarcísio’, diz Bolsonaro

‘Queria R$ 50 bilhões na mão do Tarcísio’, diz Bolsonaro
- PUBLICIDADE -

“Eu acho que em um ano ele resolveria os grandes problemas de infraestrutura no Brasil”, disse Bolsonaro sobre Freitas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acredita que, com os devidos recursos, o ministro Tarcísio de Freitas seria capaz de resolver os problemas do Brasil no segmento da infraestrutura.

Em sua tradicional live de quinta-feira (27) no Facebook, Bolsonaro disse que o governo não tem condições de prorrogar o auxílio emergencial até dezembro pelo valor de R$ 600.

O chefe do Executivo acrescentou que o valor atual do auxílio emergencial cria uma dívida de R$ 50 bilhões por mês. Segundo ele, esse valor seria bem utilizado nas mãos de Freitas:

“Eu queria R$ 50 bilhões na mão do Tarcísio. Eu acho que em um ano ele resolveria os grandes problemas de infraestrutura no Brasil. E a Infraestrutura, nesse ano que vai entrar agora, a previsão é de R$ 8 bilhões. Orçamento anual, R$ 8 bilhões.”

Bolsonaro também destacou que o Brasil “não poder continuar se endividando”:

“No começo eram três meses [de coronavoucher]. Passamos para cinco. Agora, serão mais quatro (…). Não dá para manter os R$ 600, e os R$ 200 é pouco demais. Vai ficar entre R$ 600 e R$ 200.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -