- PUBLICIDADE -

Queriam matar Queiroz para incriminar Bolsonaro, diz Wassef

Frederick Wassef
Imagem: Bruno Santos/Folhapress
- PUBLICIDADE -

“Eu tinha a minha mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro”, diz Wassef. 

Frederick Wassef, ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro, afirmou que ofereceu abrigo a Fabrício Queiroz depois de receber informações de que o ex-assessor seria assassinado e o presidente da República, Jair Bolsonaro, poderia ser incriminado.

Em entrevista à revista Veja, publicada nesta sexta-feira (26), Wassef declarou:

“Passei a ter informações de que Fabrício Queiroz seria assassinado. O que estou falando aqui é absolutamente real. Eu tinha a minha mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro.” 

E acrescentou:

“Além de terem chegado a mim essas informações, eu tive certeza absoluta de que quem estivesse por trás desse homicídio, dessa execução, iria colocar isso na conta da família Bolsonaro.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -