- PUBLICIDADE -

R$ 140 bi foram economizados sem aumentos de salários, diz Guedes

Paulo Guedes empolgado com futuro da economia do Brasil

"Não era nada contra funcionário público”, diz o ministro da Economia.

- PUBLICIDADE -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, na última sexta-feira (12), que as travas impostas a aumentos de salários na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) emergencial acabaram tendo um “peso excessivo” sobre o funcionalismo.

Em evento virtual organizado pelo site Jota, Guedes lamentou que não foi possível aprovar a desindexação ampla pretendida pela equipe econômica. 

“Não era nada contra funcionário público, desindexação era ampla, era de despesas em geral. Como não se abriu mão ‘não pode destravar a saúde, não pode destravar os policiais, não pode destravar educação, segurança’, acabou sobrando a trava do funcionalismo público, o que acaba sendo injusto, excessivo sobre o funcionalismo.”

Guedes enfatizou que, em 2020 e 2021, foram R$ 140 bilhões economizados sem aumentos de salários do funcionalismo:

“Você está pagando uma parte dessa guerra, ao invés de empurrar para gerações futuras. Última presidente caiu por irresponsabilidade fiscal, não vamos repetir isso.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -