Falar “eu não sou racista” é considerado racismo em Universidade da Califórnia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Uma lista oficial da Universidade da Califórnia sobre “micro agressões” indica que falar “eu não sou racista” é considerado racismo.

Exemplos listados no site oficial da universidade incluem dizer a alguém “você fala muito bem o inglês” e até dizer a uma pessoa asiática que eles são bons em matemática.

Usar a frase “eu não sou racista” ou “tenho vários amigos negros” também é listado como um exemplo de racismo.

O famoso radialista Dennis Prager destacou alguns outros exemplos, que incluem dizer: “Há apenas uma raça, a raça humana“, “Eu acredito que a pessoa mais qualificada deve conseguir o emprego“.

Com informações de: [Infowars]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.