Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Radicais islâmicos revoltados com absolvição de cristã no Paquistão

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Radicais islâmicos revoltados com absolvição de cristã no Paquistão

A absolvição de uma mulher cristã, de quase 50 anos, provocou grandes manifestações de radicais islâmicos, que exigem seu enforcamento.

Um partido muçulmano radical convocou uma manifestação nesta quarta-feira (30) para protestar contra a decisão da Justiça do Paquistão que permitiu que a cristã Asia Bibi, acusada de blasfêmia contra o profeta Maomé, possa deixar o país.

“Os muçulmanos devem agir hoje. Nós podemos morrer, mas não desrespeitar a honra do profeta”, afirmou o partido de Tehreek-e-Labaik (TLP), informa a “AFP“.

No final de outubro de 2018, o partido extremista islâmico já havia bloqueado o Paquistão por três dias quando a absolvição de Bibi foi decidida.

Asia Bibi, uma trabalhadora agrícola de quase 50 anos, mãe de cinco filhos, foi condenada à morte em 2010 por blasfêmia, após uma discussão sobre um copo de água com vizinhas muçulmanas.

Nesta terça-feira (29), o Supremo Tribunal do Paquistão rejeitou um recurso contra a absolvição de Bibi, após anos de batalha judicial desde sua condenação por blasfêmia, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email