- PUBLICIDADE -

‘Radicalismo não leva a lugar nenhum’, diz Toffoli

'Radicalismo não leva a lugar nenhum', diz Toffoli
- PUBLICIDADE -

“Judiciário saberá agir”, diz presidente do STF sobre possível radicalismo no Brasil.

Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), rebateu, neste domingo (10), o discurso ameaçador utilizado pelo condenado e ex-presidente Lula da Silva (PT) desde que deixou a prisão, na última sexta-feira (8), graças a uma decisão da própria Corte.

Em conversa com o jornal Estadão, sem mencionar nomes, Toffoli declarou:

“O Judiciário e a Justiça são feitos para a pacificação social. Se alguém quer se valer da Justiça para uma luta social, não vai conseguir. A Justiça não tolerará uma crise institucional e saberá agir a tempo e a hora.”

O magistrado complementou: 

“Radicalismo não leva a lugar nenhum. O que se espera é que as pessoas tenham serenidade e pensem no Brasil.”

Toffoli acrescentou:

“A nação brasileira é devedora das Forças Armadas para a construção do Brasil e para a unidade nacional, assim como o Judiciário”. 

E completou: 

“O Judiciário saberá agir no momento certo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -