PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Randolfe está confiante no impeachment de Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Senador acredita que CPI da Pandemia é a mais importante da história.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Pandemia, afirmou, neste sábado (26), que o presidente Jair Bolsonaro praticou a prevaricação.

Em conversa com o site UOL, Randolfe disse que não há situação “mais grave do que a que nós ouvimos hoje”.

“Não há, na história das comissões parlamentares de inquérito, nas duas circunstâncias de impeachment que nós tivemos na história republicana desde 1988, algo tão grave. Basta se reportar aos dois impeachments que já houve nos últimos 30 anos. Não chega a um terço da gravidade do que estamos vendo nesta CPI e do que nós vimos no dia de hoje.”

O comentário foi feito com base em depoimentos dos irmãos Luis Miranda, deputado federal, e Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde, à CPI da Pandemia.

Randolfe acredita que Bolsonaro ignorou o alerta feito pelos irmãos de que havia corrupção na compra da vacina indiana Covaxin, da Bharat Biotech:

“O senhor presidente da República recebeu a comunicação de um fato criminoso. Não tomou a devida providência para instaurar o inquérito. Não tomou a devida providência para deter o continuado delito. Mais grave que isso: o senhor presidente da República, através de representantes do seu governo, dias depois, quando os depoentes vêm a essa comissão parlamentar de inquérito, tenta intimidar as testemunhas que vão depor nesta CPI.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.