PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ranking de combate à corrupção na América Latina: Brasil cai 4 posições

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Desde 2019, o combate à corrupção no Brasil está em queda livre.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A recém-divulgada edição do Índice de Capacidade de Combate à Corrupção (CCC) mostra que o Brasil sofreu a maior queda entre os 15 países analisados da América Latina

O ranking é realizado anualmente pela Americas Society/Council of the Americas e pela Control Risks.

Thomaz Favaro, diretor da Control Risks, comentou sobre a edição de 2021 do índice:

“O Brasil tem apresentado uma das trajetórias mais preocupantes entre os países da América Latina.”

Favaro acrescentou:

“Recentemente o país sofreu alguns revezes, com uma série de tentativas de ingerência governamental sobre órgãos chave, como a Polícia Federal e o Ministério Público, e também uma série de decisões judiciais que impactaram a luta anticorrupção.”

E completou:

“Sabemos que o fim da prisão em segunda instância aumenta o risco de impunidade. Temos visto também uma série de questionamentos em relação à figura da delação premiada, o que tem diminuído a eficácia desse recurso.”

Abaixo você pode conferir o ranking geral dos países analisados:

1. Uruguai: 7,80

2. Chile: 6,51

3. Costa Rica: 6,45

4. Peru: 5,66

5. Argentina: 5,16

6. Brasil: 5,07

7. Colômbia: 4,81

8. Equador: 4,77

9. Panamá: 4,55

10. República Dominicana: 4,38

11. México: 4,25

12. Paraguai: 4,08

13. Guatemala: 3,84

14. Bolívia: 2,43

15. Venezuela: 1,40

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.