Rapinoe é acusada de intimidar colegas a se ajoelharem durante hino

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Já vi Megan Rapinoe quase intimidar as jogadoras”, diz a ex-goleira Solo.

Hope Solo, ex-goleira da Seleção Feminina dos Estados Unidos, acusou Megan Rapinoe de intimidar colegas de equipe para que participassem de ativismo político antes das partidas.

Em entrevista ao site Goal.com, Solo declarou:

“Acho que a retórica em torno desta equipe foi divisiva e inclusiva. Acho que é mais ou menos onde estamos na política nos dias de hoje.”

E acrescentou:

“Acho que ajoelhar pode causar muita divisão. Já vi Megan Rapinoe quase intimidar as jogadoras para que se ajoelhem porque ela realmente quer defender algo de sua maneira particular.”

O time de futebol feminino dos EUA levou para casa a medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio 2020, com uma vitória de 4 a 3 sobre a Austrália.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.