Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Raúl Castro vai ‘reformar’ Constituição de Cuba

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

A Assembleia Nacional de Cuba aprovou neste sábado (2) o começo do processo que busca modificar a Constituição do país, adotada em 1976 durante a Guerra Fria, ainda que sem alterar o caráter “irrevogável” do socialismo na ilha.

O tema mais delicado na agenda é a aprovação da comissão que elaborará o projeto para atualizar o texto.

A comissão, integrada por 33 deputados, será liderada por Raúl Castro, chefe do Partido Comunista de Cuba e ditador aposentado, segundo anunciou o novo líder cubano Miguel Díaz-Canel.

“O Conselho de Estado propõe que seja ele (Raúl Castro) quem presida esta comissão”, declarou Díaz-Canel, que assumiu a Presidência em abril.

A imprensa estrangeira não teve acesso à sessão.

‘Trabalharemos em aprovar uma norma constitucional que reflita a durabilidade de uma nação soberana, independente, socialista’, disse Miguel.

Díaz-Canel, que será vice-presidente da comissão, acrescentou que começa assim um período de “especial transcendência para o país”.

 

Com informações de BOL
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram