PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Reciclagem de óleo lubrificante será informatizada no Brasil

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Em 2020, o Brasil coletou mais de 465 milhões de litros de óleo lubrificante usado ou contaminado.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Com metais pesados como cromo, cádmio, chumbo e arsênio em sua composição, o Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado (OLUC) é classificado como resíduo perigoso.

Agora, um acordo de cooperação assinado, nesta segunda-feira (14), no âmbito do programa “Lixão Zero”, do Ministério do Meio Ambiente, visa informatizar o sistema de logística reversa que permite a destinação ambientalmente adequada desse resíduo.

Dessa forma, qualquer cidadão poderá acessar informações sobre a logística reversa do óleo, além de resultados do sistema e orientações para contribuir com a destinação ambientalmente adequada desse tipo de resíduo. 

De acordo com a assessoria do Ministério, o “grande objetivo é eliminar o descarte inadequado, contribuindo para o encerramento de lixões, em acordo com o Marco Legal do Saneamento Básico, que determina o encerramento de todos os lixões do País até 2024”.

O acordo prevê a integração das informações setoriais sobre logística reversa de OLUC e o desenvolvimento de um aplicativo online, arquitetado para permitir a integração com os demais sistemas de logística reversa existentes no Brasil, como eletroeletrônicos, embalagens e medicamentos.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, contextualizou a ação no âmbito do programa Lixão Zero: 

“Cada litro de óleo lubrificante reciclado evita a contaminação de um milhão de litros de água. É mais um avanço importante do programa Lixão Zero, principalmente em situações de escassez hídrica.” 

Salles completou:

“E esse sistema ainda reduz em sete vezes a emissão de gases de efeito estufa. Só em 2020 foram 2 milhões de toneladas de emissões evitadas.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.