Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Reconhecimento facial pode ser banido em áreas públicas na Europa

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Reconhecimento facial pode ser banido em áreas públicas na Europa
COMPARTILHE

O objetivo da proibição, que duraria de três a cinco anos, seria o desenvolvimento de métodos seguros.

A utilização da tecnologia de reconhecimento facial pode ser temporariamente proibida pela União Europeia em espaços públicos.

O banimento seria aplicado até a criação de leis específicas para evitar abusos em relação à privacidade. 

A proposta está descrita em um documento obtido pela agência Reuters, cujos detalhes foram divulgados na última quinta-feira (16).

O plano tem como preceito fundamental o Regulamento Geral de Dados da UE, que dá ao cidadão o direito de não estar sujeito a uma decisão baseada somente em processamento automatizado.

Alemanha, Espanha e França são algumas das nações que têm planos de implementar a vigilância aprimorada pelo sistema de reconhecimento facial, com a instalação de câmeras inteligentes em diversas áreas públicas.

Estas ideias podem, no entanto, ser adiadas caso a UE proíba o uso desse tipo de ferramenta. No Reino Unido também há um plano semelhante.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM