Português   English   Español

Reconstrução do Museu Nacional pode custar R$ 100 milhões

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Tempo, paciência e dinheiro. Esses são os pilares da reconstrução do Museu Nacional, nas palavras da chefe da missão emergencial da Unesco, a italiana Cristina Menegazzi.

Profissionais do mercado de restauração estimaram que o custo para reerguer o palácio da Quinta da Boa Vista — quase totalmente destruído pelo incêndio do último dia 2 — pode ultrapassar R$ 100 milhões.

A empreitada é complexa porque envolve, além de engenharia, variáveis como aspectos históricos que interferem na escolha da técnica construtiva e até no tipo de material que será usado.

Por trás da fachada do antigo museu, sob responsabilidade da UFRJ, o que se vê hoje são montanhas com mais de cinco metros de escombros.

A chefe da missão da Unesco explicou, conforme reportado pelo jornal O Globo:

Serão meses de um trabalho minucioso nas ruínas. Se tivermos a sorte de encontrar muita coisa, pode nos exigir mais de um ano. É um trabalho lento de resgate das peças, incluindo pedaços do edifício histórico, que serão coletados, identificados e inventariados.

Na avaliação da Unesco, o tempo e os custos para recuperar o museu dependem da quantidade de material encontrado e do seu estado de conservação.

A ajuda de um milhão de euros, anunciada pela Alemanha, vai permitir a instalação de laboratórios para a análise dos achados arqueológicos.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações