Recorde de detenções de imigrantes ilegais na fronteira EUA-México

Português   English   Español
Recorde de detenções de imigrantes ilegais na fronteira EUA-México
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

As detenções de imigrantes ilegais na fronteira entre Estados Unidos e México aumentaram em novembro deste ano para 51.856 pessoas.

O número é um novo recorde desde que Donald Trump assumiu a presidência americana em janeiro de 2017.

Este número representa um aumento a respeito de outubro quando se bateu o recorde de detenções na fronteira sul americana na era Trump com 51.001 imigrantes irregulares detidos, segundo dados do Escritório de Alfândegas e Proteção Fronteiriça (CBP, em inglês).

Entre os detidos durante o mês de novembro havia pelo menos 25.172 membros de famílias e 5.283 menores não acompanhados, frente aos dados de outubro quando houve 23.115 integrantes de unidades familiares e 4.982 crianças e adolescentes que viajavam sozinhos.

Estas pessoas foram capturadas pelas autoridades americanas quando cruzaram o país vindas do México por áreas que não eram portas oficiais de entrada.

A porta-voz do Departamento de Segurança Nacional (DHS, em inglês), Katie Waldman, disse em comunicado que “os números da fronteira de novembro de 2018 são o resultado previsível de um sistema de imigração quebrado – incluindo ordens judiciais defeituosas – que usurpa a vontade do povo americano que pediu repetidamente por fronteiras seguras”.

Adaptado da fonte EFE
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA