- PUBLICIDADE -

Rede compara investigação do STF sobre fake news ao AI-5

Rede compara investigação do STF sobre fake news ao AI-5
- PUBLICIDADE -

O partido Rede Sustentabilidade moveu ação contra o inquérito que mira supostas ofensas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

A legenda pede, em medida cautelar, que a portaria de instauração do procedimento seja suspensa e, no mérito, que seja considerada inconstitucional.

Para os advogados da Rede Sustentabilidade, o inquérito aberto pelo STF visa “intimidar” quem eventualmente criticar a postura dos ministros da Corte, informa o jornalista Fausto Macedo.

O partido compara o inquérito ao Ato Institucional nº 5, de 1968, o mais pesado golpe do regime militar às garantias Constitucionais, que, entre outras medidas, instaurou a censura, proibiu manifestações políticas e fechou o Congresso.

Na última quinta-feira (21), o ministro Alexandre de Moraes, relator da investigação, determinou medidas de busca e apreensão no âmbito da investigação, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -