Português   English   Español

Redes sociais sustentam a ascensão de Bolsonaro

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Desde que recebeu alta médica, Bolsonaro vem utilizando sua casa na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, para fazer transmissões ao vivo pelo Facebook.

Nesta quarta-feira (4), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) destacou que as redes sociais têm muito a ver com sua liderança nas pesquisas:

Se nós perdermos aqui, acabou. Se não estivéssemos aqui, pode ter certeza que o jogo estaria sendo jogado entre o PT e o PSDB.

O capitão da reserva, de 63 anos, que se lançou candidato ao Planalto pelo PSL, um partido minúsculo e sem poder, está conseguindo o que parecia impossível no Brasil: liderar as pesquisas, apesar de contar com apenas oito segundos de propaganda televisiva gratuita três vezes por semana.

Até agora a arma das campanhas eram os anúncios do chamado “tempo de televisão”, distribuído em função do tamanho dos partidos e das coalizões. Quatro das últimas eleições presidenciais quem ganhou foi o candidato com maior tempo de propaganda.

Mas nesta campanha, redes sociais como Facebook, Whatsapp, Twitter ou Instagram, que têm no Brasil um mercado de mais de 100 milhões de usuários, conseguiram quebrar a hegemonia da TV.

Conforme noticiado pela Renova Mídia, os eleitores de Bolsonaro (PSL) são os que mais usam redes sociais para se informar.

Caio Túlio Costa, cofundador da Torabit, uma plataforma de monitoramento digital, explicou:

Sem dúvida, as redes sociais tiveram muito mais influência na campanha eleitoral à presidência do que os programas eleitorais. Candidatos com bastante tempo, como Alckmin (mais de 5 minutos) e Meirelles (quase 2 minutos), apresentam um desempenho pífio – segundo as pesquisas eleitorais.

 

Adaptado da fonte AFP

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações