Reeleição de Modi aumenta preocupação com os cristãos na Índia

Idiomas:

Português   English   Español
Reeleição de Modi aumenta preocupação com os cristãos na Índia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Extremistas perseguem, humilham e praticam violência com quem não é adepto do hinduísmo, religião majoritária da Índia.


A reeleição do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, tem preocupado a comunidade cristã que teme o aumento da perseguição religiosa no país asiático.

Sob a liderança de Modi e do partido nacionalista hindu, ataques contra as minorias religiosas cresceram consideravelmente desde 2014.

Além da reeleição do premiê, o parlamento da Índia ganhou mais representantes nacionalistas, fortalecendo ainda mais o governo. Atualmente, dos 542 assentos, 303 assentos são políticos pró-Modi.

Modi e seu partido tem a intenção de implementar uma Constituição Hindu que pode acabar com as liberdades individuais hoje garantidas na constituição, ainda que na prática não sejam respeitadas.

Em nota, a Federação de Organizações Cristãs da Índia demonstrou preocupação:

“Enquanto nos preocupamos com o futuro da Igreja na Índia, também estamos preocupados com a própria sobrevivência da Constituição da República, que garante igualdade e liberdade de religião, expressão e associação a todos os cidadãos.”

Desde a primeira eleição do primeiro-ministro, em 2014, o número de ataques contra cristãos passou a ser multiplicado.

Segundo o site Gospel Prime, David Curry, CEO da ONG Portas Abertas, declarou:

“Extremistas hindus têm promovido ativamente o ódio contra suas minorias cristãs e muçulmanas, o que levou a uma trágica escalada de violência. Portanto, os resultados desta eleição – que mantém as mesmas pessoas no poder – são uma tragédia absoluta.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...