Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Reforma da Previdência vai ao Senado após Câmara rejeitar destaques

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Reforma da Previdência vai ao Senado após Câmara rejeitar destaques

Proposta foi enviada em fevereiro pelo governo Bolsonaro e é defendida como uma das principais formas de recuperar contas públicas.

A Câmara dos Deputados rejeitou oito destaques apresentados e encerrou a votação da reforma da Previdência em segundo turno. O texto foi aprovado sem alterações.

A proposta, que tramita no Congresso desde fevereiro, segue agora para o Senado Federal, onde também precisa ser apreciada em dois turnos.

Lá, passará pela Comissão de Constituição e Justiça. Na sequência, vai ao plenário do Senado, onde também precisa ser aprovado em dois turnos, com 49 votos em cada, ou 3/5 dos senadores, informa o site UOL.

Após a conclusão da votação, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se disse “muito satisfeito”. Ele estava no plenário da Câmara quando a sessão terminou.

“Vim aqui cumprimentar o excelente trabalho da Câmara, agradecer a aprovação da reforma. Um excelente trabalho de coordenação do presidente Rodrigo Maia e [estou] muito satisfeito. Acho que é muito importante. Muito feliz com o apoio da Câmara dos Deputados”, declarou Guedes, segundo o site G1.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email