Refugiados começam a voltar para a Síria pela fronteira do Líbano

A guerra na Síria já deixou mais de 350.000 mortos e milhões de deslocados em sete anos.

Centenas de refugiados sírios começaram, nesta quinta-feira (28), a retornar para seu país pela fronteira do Líbano, no âmbito de uma operação coordenada entre as autoridades de Beirute e de Damasco.

Diante da diminuição dos combates em alguns lugares da Síria, as autoridades libanesas aumentaram seus pedidos aos refugiados para que voltem para as zonas estabilizadas sírias.

Pequeno país de quatro milhões de habitantes, o Líbano recebeu pelo menos um milhão de refugiados da vizinha Síria, devastada por uma guerra sangrenta desde 2011.

Cerca de 400 deles voltarão para suas casas nesta quinta-feira em um primeiro grupo, segundo o chefe da segurança libanesa, Abas Ibrahim, que organiza os retornos.

Durante a manhã, podia-se ver mulheres e crianças sorrindo em ônibus, tratores e carros no subúrbio de Wadi Hmeid, na periferia de Arsal, antes da viagem para a fronteira da Síria.

 

Com informações de BOL
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia