Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

90% dos refugiados continuam desempregados após 2 anos na Holanda

COMPARTILHE

Dois anos e meio após entrarem na Holanda como refugiados, apenas 11% dos imigrantes conseguiram arrumar emprego; a grande maioria deles continua vivendo às custas de benefícios sociais.

Os novos números foram obtidos a partir de uma pesquisa encomendada por vários Ministérios holandeses, que investigou como os refugiados chegaram à Holanda e como a integração ao novo lar está acontecendo.

O estudioso da imigração na Holanda, Jan van de Beek, disse ao jornal De Telegraaf que muitos imigrantes não tinham educação decente, o que dificultava muito a procura por um emprego.

Além disso, ele destacou que as ocupações que requerem uma baixa qualificação não são atrativas para os refugiados, porque os benefícios sociais oferecidos pelo governo são tão altos quanto a renda de um emprego pouco qualificado.

 

Matéria traduzida e adaptada de: [CBS]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE