Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Refugiados da Coreia do Norte apresentam sinais de contaminação radioativa

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Refugiados norte-coreanos, que residiam nas proximidades das áreas de teste de armas nucleares, apresentaram sinais de exposição à radiação, de acordo com os últimos exames médicos realizados na Coreia do Sul.

A partir de outubro de 2017, o governo da Coreia do Sul realizou testes de radiação e exames médicos em 30 refugiados que viviam anteriormente em Kilju, região da Coreia do Norte onde fica localizado o polígono de testes nucleares de Punggye-ri, onde Kim Jong-un realizou seis detonações atômicas.

De acordo com Seul, o governo procurou por refugiados dispostos a realizar exames médicos entre os 114 cidadãos que deixaram a Coreia do Norte após o primeiro teste nuclear, realizado em 2006.

Os testes mostraram que quatro dos desertores podem ter sido expostos à radiação, embora outros fatores, como idade e tabagismo, possam ter afetado os resultados.

 

Com informações de: (1)
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram