Português   English   Español
Português   English   Español

Regime chinês recruta comunistas dos Estados Unidos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O Partido Comunista da China (PCC) está claramente embarcando em uma nova fase do processo revolucionário internacional.

Com pouca fanfarra e sem publicidade da grande mídia, dois dos partidos comunistas mais importantes do mundo começaram a reconstruir relações após cinco décadas de contato mínimo.

A convite do Partido Comunista da China (PCC), uma delegação de dois membros do Partido Comunista dos Estados Unidos (CPUSA) viajou pela China de 26 de maio a 3 de junho. A dupla, o presidente do partido de Chicago John Bachtell e a autoridade de Nova York Carol Widom, representou o CPUSA em uma conferência no 200º aniversário do nascimento de Karl Marx.

Bachtell escreveu:

Fomos convidados a participar de um fórum para celebrar o 200º aniversário de Karl Marx com 70 partidos comunistas, socialistas, esquerdistas e revolucionários em Shenzhen, uma cidade planejada ecologicamente, seguida por uma semana em Pequim, Hefei, Fengyang County. e Xiaogang Village, o local das primeiras reformas econômicas rurais.

O evento refletiu o sentimento do Partido Comunista da China (PCC) de que um ponto de virada qualitativo foi alcançado na construção socialista e que a China está desempenhando um novo papel no cenário global. A reunião é um exemplo da abertura da China e do [PCC] ao mundo, expandindo e aprofundando as relações com os partidos comunistas e operários.

De fato, a reunião sinalizou uma nova era.

Com o líder do PCC, Xi Jinping, reorientando o Partido para um caminho mais revolucionário internamente, de forma que que os antigos laços revolucionários sejam reacendidos internacionalmente.

 

Leia o restante da matéria no Epoch Times

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...