Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Regime islâmico da Turquia ao lado de Nicolás Maduro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Regime islâmico da Turquia ao lado de Nicolás Maduro
COMPARTILHE

O líder do regime islâmico da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que “não deixará sozinho” o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro.

Erdogan também afirmou que está estudando a possibilidade de visitar o país sul-americano, de acordo com informações publicadas nesta sexta-feira (28) pela imprensa turca.

“A Turquia não deixará Maduro sozinho”, afirmou o líder da Turquia, de Nova York (Estados Unidos), antes de seguir para a Alemanha, onde inicia uma visita oficial de três dias.

Recep Tayyip Erdogan afirmou que existe a possibilidade de viajar para a Venezuela depois da cúpula do G-20, que será realizada na Argentina, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro.

“Se a agenda do presidente (Maduro) permitir, podemos realizar uma visita oficial”, disse.

O ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, já esteve na semana passada na Venezuela, onde assegurou que seu país estava fazendo tudo o que for necessário para ajudar o país sul-americano.

Durante essa viagem, Cavusoglu assinou dois acordos de cooperação para fortalecer as relações diplomáticas entre os dois países.

 

Adaptado da fonte EBC
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram