- PUBLICIDADE -

Regina diz ser alvo de ‘enfurecidos de esquerda e direita’

Planalto cancela nomeação feita por Regina Duarte na Cultura
Imagem: Adriano Machado/Crusoé
- PUBLICIDADE -

“Tenho sido criticada à esquerda e à direita, o que me coloca numa posição intermediária dessa régua imaginária”, disse Regina.

A atriz e ex-secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, afirmou que “o posto de projeção” que ocupou “parece ter servido de instrumento a enfurecidos gladiadores entrincheirados nos dois extremos do espectro político”.

Em artigo publicado em jornal¹, nesta sexta-feira (22), Regina disse que estava preparada para os desafios de aceitar o cargo de secretária da Cultura:

“Ao aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro para ocupar a Secretaria Especial da Cultura, eu tinha plena consciência de que minha gestão seria alvo de críticas. Essa certeza, no entanto, nunca me desencorajou. Ao contrário, assumi a missão com a firme convicção de que, para contribuir com a cultura brasileira, teria que enfrentar interesses entrincheirados em ideologias cujo anacronismo não parece suficiente para sepultá-las.”

A atriz também rechaçou as críticas que têm recebido nas redes sociais, principalmente de colegas artistas e de políticos:

“Com o Brasil irremediavelmente polarizado, o posto de projeção que ocupei parece ter servido de instrumento a enfurecidos gladiadores entrincheirados nos dois extremos do espectro político.”

Regina Duarte completou:

“Tenho sido criticada à esquerda e à direita, o que me coloca numa posição intermediária dessa régua imaginária. Não é um lugar de conforto. Sei disso porque foi onde sempre estive, independentemente das circunstâncias.”

Referências: [1]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -