Regulação da mídia será prioridade em um governo Haddad

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Haddad defende algumas reformas prioritárias para o Brasil, entre elas a regulação econômica dos veículos de comunicação para evitar a concentração dos veículos.

Além da composição ministerial, em eventual vitória nas eleições, dirigentes do PT e do PCdoB já discutem um dos projetos que terá prioridade na gestão de Fernando Haddad: a regulação da mídia.

As conversas reservadas seguem na mesma linha de 2014, durante primeiro ano do governo de Dilma Rousseff (PT): regulamentar o Parágrafo 5º do Artigo 220 da Constituição, do Capítulo V, que trata da Comunicação Social, para derrubar o que chamam de “monopólio” das empresas.

No Congresso Nacional, o PCdoB encampou a ideia do PT e está à frente das principais propostas, segundo informações de O Dia.

Haddad esteve no Sindicatos dos Metalúrgicos da Grande Curitiba nesta segunda-feira (1).

Comentando a proposta, ele afirmou que a ideia é seguir o modelo dos Estados Unidos, que, segundo ele, “impede a concentração de todas as mídias, rádio, TV e impresso, com uma só família”, segundo informações do Estadão.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.