Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Reino Unido, EUA e Canadá acusam Rússia de usar hackers para roubar vacina

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Reino Unido, EUA e Canadá acusam Rússia de usar hackers para roubar vacina
COMPARTILHE

Rússia diz que pode ser o primeiro país no mundo a distribuir, em massa, uma vacina contra o coronavírus.

Reino Unido, Estados Unidos e Canadá acusam a Rússia de estar tentando roubar informações de pesquisadores que buscam a vacina para o novo coronavírus.

Os três países alegaram, nesta quinta-feira (16), que o grupo de hackers APT29, mais conhecido como Cozy Bear, e que faz parte do serviço de inteligência russo, está atacando instituições de pesquisa acadêmica e farmacêutica envolvidas no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19.

Os ataques persistentes e contínuos são vistos como um esforço do governo Vladimir Putin para roubar propriedade intelectual, de acordo com o anúncio feito pelo Centro Nacional de Cibersegurança da Grã-Bretanha, em coordenação com autoridades dos Estados Unidos e Canadá.

De acordo com informação divulgada, na última segunda-feira (13), por agência governamental da Rússia, uma vacina contra o coronavírus deve começar a ser distribuída em agosto.

Em conversa com a agência de notícias estatal TASSYelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, disse que a “pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM