Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Reino Unido não financiará mais projetos de petróleo, gás e carvão

Boris Johnson diz que não pedirá outro adiamento do Brexit
COMPARTILHE

“As mudanças climáticas são um dos grandes desafios globais”, diz premiê britânico.

O governo do Reino Unido anunciou, neste sábado (12), que vai parar de apoiar diretamente projetos de combustíveis fósseis no exterior. 

Com a mudança, o país não financiará mais projetos de exportação ou produção de petróleo, gás ou carvão pelo mundo. 

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson concordou em encerrar esta prática o quanto antes: 

“As mudanças climáticas são um dos grandes desafios globais de nossa época e já estão ceifando vidas e meios de subsistência em todo o mundo. Nossas ações como líderes devem ser movidas não pela timidez ou cautela, mas pela ambição em escala verdadeiramente grande.” 

 Johnson acrescentou: 

“É por isso que o Reino Unido recentemente abriu caminho com um novo e ousado compromisso de reduzir as emissões em pelo menos 68% até 2030, e tenho o prazer de dizer hoje que o Reino Unido encerrará o apoio do contribuinte a projetos de combustíveis fósseis no exterior assim que possível.” 

O anúncio acontece no momento em que Reino Unido, França ONU realizam uma reunião virtual sobre o clima. 

Aproximadamente 75 líderes mundiais devem participar do encontro, que acontece 5 anos depois da assinatura do acordo de Paris. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Fabio
Fabio
1 mês atrás

Agora é claro que China e Índia – os maiores poluidores do planeta – são os próximos alvos dos ambientalistas, certo?

Certo?

Fora Comunistas
Fora Comunistas
1 mês atrás

Que traidor esse Boris Johnson!!!!

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

A pergunta é: quem sustentará a sustentabilidade? Quais os números de custos e o impacto ecológico do ecologicamente correto? Interessante que se fala muito em economia ecologicamente sustentável, indústrias ambientalmente corretas e tal, mas são vemos explicações claras e em termos práticos sobre o que é um sistema ecologicamente correto no geral, como é, e como vai funcionar. Parece um eterno abstrato. Como este é um conceito empurrado goela abaixo pela ONU, DAVOS e outras organizações globais, desconfio que certamente não será algo bom, em especial para os mais pobres. Creio que é mais um meio de aprisionar os países subdesenvolvidos em suas pobrezas.

Última edição 1 mês atrás por Rodrigo

PUBLICIDADE