Português   English   Español
Português   English   Español

Rejeição ao poste Fernando Haddad é a que mais cresce

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Rejeição ao poste Fernando Haddad é a que mais cresce

Segundo a última pesquisa Datafolha divulgada na noite de quarta-feira (19), a rejeição que mais cresceu foi a do presidenciável Fernando Haddad (PT): nove pontos desde o final de agosto.

​O crescimento do candidato petista Fernando Haddad nas intenções de voto vem acompanhado também de uma alta de sua rejeição, aponta o levantamento do Datafolha.

O presidenciável do PT, que está em segundo lugar na pesquisa com 16% das intenções de voto, agora é rejeitado por 29% dos eleitores. Há uma semana, essa taxa estava em 22%.

Enquanto isso, Jair Bolsonaro (PSL), líder isolado da pesquisa com 28%, também tem outro motivo pra comemorar: a sua rejeição parou de crescer desde o início de setembro.

A rejeição a Haddad atinge seu maior nível entre eleitores com renda familiar mensal acima de dez salários mínimos, com 54%. Entre eleitores com ensino superior, chega a 43%, ante 42% que rejeitam Bolsonaro nesse estrato.

A rejeição a Haddad é muito mais baixa, em recorte regional, no Nordeste (com 21%) e entre mulheres. Já Bolsonaro é mais rejeitado entre eleitores nordestinos (56%) e entre os jovens de 16 a 24 anos (55%).

 

Adaptado da fonte Folha

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: