- PUBLICIDADE -

Relator da Lava Jato nega visita de Ciro Gomes a Lula na PF

- PUBLICIDADE -

O ministro Felix Fischer, relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta quinta-feira (23) a concessão de uma liminar para autorizar visita de integrantes da cúpula do PDT ao presidiário Lula.

A sigla quer emplacar no encontro o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, o presidente da legenda, Carlos Lupi, e deputado Andre Figueiredo (CE). Oficialmente, o nome de Ciro constava no processo, mas foi excluído por falta da documentação necessária.

Condenado a 12 anos e um mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Lula está preso desde 7 de abril em sala da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

O ministro entendeu que a questão do encontro dos políticos deve ser decidida pela 5ª Turma do STJ “após uma verificação mais detalhada” dos dados do processo. Os advogados pedetistas questionam decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que negou pedido da legenda.

 

Com informações do JOTA
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -