Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Relator da ONU alerta sobre ameaça à democracia no PL da Censura

Relator da ONU alerta sobre ameaça à democracia no PL da Censura
COMPARTILHE

“A abrangência das disposições do Projeto de Lei levanta preocupações quanto ao seu uso arbitrário pelas autoridades”, diz relator. 

Joseph Cannataci, relator da Organização das Nações Unidas (ONU), emitiu um alerta sobre o Projeto de Lei da Fake News, mais conhecido como “PL da Censura”, que está em tramitação na Câmara dos Deputados após ser aprovado no Senado Federal.

Cannataci disse que o projeto pode ser uma ameaça ao direito à privacidade, à democracia e às liberdades civis. 

Numa carta enviada às autoridades nacionais e obtida pela coluna de Jamil Chade, no portal UOL, o especialista apela para que o projeto seja revisto.

O relator deixou claro sua “preocupação com algumas disposições e com as violações que poderia acarretar para o direito à privacidade dos cidadãos brasileiros e outros usuários da Internet, tanto dentro como fora do país”.

No texto, ele apela ao Brasil para “rever o projeto de lei, a abrir um espaço público para discussão de seu conteúdo com a sociedade civil, atores e especialistas na área, e a alocar tempo adicional para consideração legislativa e pública a fim de assegurar que esteja em conformidade com as normas internacionais de direitos humanos”.

Ainda de acordo com o relator da ONU, o PL da Censura pode violar os direitos humanos e pactos internacionais assinados pelo Brasil:

“A abrangência das disposições do Projeto de Lei levanta preocupações quanto ao seu uso arbitrário pelas autoridades responsáveis pela sua aplicação de uma forma que reduz as liberdades civis e os princípios democráticos pelo monitoramento e vigilância dos usuários das mídias sociais.”

E acrescentou:

“Se aprovada, a lei criará vários obstáculos ao exercício dos direitos fundamentais, tais como os direitos à educação, saúde, bem como o acesso a bens e serviços online. Estas restrições vêm em uma era crítica da digitalização.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários