Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Relator da ONU sai em defesa de Greenwald, Miranda e Demori

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Relator da ONU sai em defesa de Greenwald, Miranda e Demori

Em comunicação ao Itamaraty, relator da ONU alerta para supostas ameaças contra membros do site Intercept.

Em carta datada de 3 de julho de 2019, o relator da Organização das Nações Unidas (ONU) para a proteção do direito à liberdade de opinião, David Kaye, demonstrou preocupação com a situação vivida pelo militante norte-americano, Glenn Greenwald, sua família e seus assistentes.

No documento, o relator alerta para o suposto assédio sofrido por Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept, assim como contra o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), seu parceiro.

A carta da ONU também denuncia supostos ataques contra o editor-executivo do site, Leandro Demori.

O relator, apontando para a “urgência da questão”, solicitou que o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, desse uma resposta sobre o que tem sido feito para proteger os direitos dos nomes citados.

No dia 3 de julho, a relatoria da ONU havia dado 60 dias para que o governo prestasse esclarecimentos.

Procurado por reportagem do site UOL, o Ministério das Relações Exteriores explicou que está “concluindo o processo de consultas internas juntos aos demais órgãos da administração federal, com vistas a finalizar a resposta à consulta do relator”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email