Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Relatório sobre “antifascistas” é defesa do Estado, diz Mourão

“A gente tem que deixar de ter uma certa hipocrisia com determinados assuntos e ser objetivo”, diz Mourão.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Morte de Ágatha é resultado da 'guerra do narcotráfico', diz Mourão
COMPARTILHE

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou, nesta sexta-feira (14), que o relatório de inteligência sobre servidores públicos membros de movimentos “antifascistas” não é uma “arapongagem”, mas uma “defesa do Estado”.

O termo “arapongagem” foi usado pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, nesta quinta-feira (13). 

Ao comentar sobre o assunto na chegada ao Palácio do Planalto, Mourão declarou:

“Isso é defesa do Estado, é defesa do Estado. Quando houve caso do Decotelli, como é que, vamos dizer assim, que a Abin ia descobrir que o dossiê do Decotelli era fake? Teria que aprofundar a vida dele.”

E, segundo o portal G1, acrescentou:

“Isso não é arapongagem, dentro da visão que estão colocando. A gente tem que deixar de ter uma certa hipocrisia com determinados assuntos e ser objetivo.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM