- PUBLICIDADE -

Renan Calheiros parabeniza Glenn Greenwald

Renan Calheiros parabeniza Glenn Greenwald
Foto: Reprodução/Twitter
- PUBLICIDADE -

“Ao invés de investigarmos os procuradores e o ministro, agora querem investigar o jornalista. Isso é um horror”, disse Calheiros.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi um dos parlamentares a fazer perguntas ao militante norte-americano, Glenn Greenwald, durante sessão, nesta quinta-feira (11), no Congresso Nacional.

Calheiros aproveitou os holofotes para parabenizar o trabalho do editor e cofundador do site panfletário Intercept, e completou:

“Eu fui vítima durante muito tempo de perseguição desse grupo perverso de procuradores do Ministério Público Federal (MPF).”

Greenwald foi convidado a falar ao Senado após o Intercept divulgar, em parceria com veículos da velha imprensa, supostos diálogos privados entre o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da República Deltan Dallagnol, no âmbito da Operação Lava Jato.

Calheiros afirmou que as supostas conversas comprovaram uma “Justiça paralela, a promiscuidade do juiz e do procurador e um desprezo pelos conceitos da democracia”.

Segundo o site Metrópoles, o senador acrescentou:

“Eu sempre fui defensor da liberdade de expressão e em várias situações de ameaça à imprensa, como agora, me posiciono veementemente quanto à importância da liberdade de informação.”

Calheiros completou:

“Há uma inversão das coisas hoje no Brasil. Ao invés de investigarmos os procuradores e o ministro, agora querem investigar o jornalista. Isso é um horror.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -