Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Reparação histórica’, diz MPT sobre programa de trainee da Magalu

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Reparação histórica’, diz MPT sobre programa de trainee da Magalu
COMPARTILHE

Magazine Luiza: MPT rejeita denúncias de racismo contra programa de trainee para negros.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo rejeitou uma série de denúncias apresentadas contra o Magazine Luiza.

11 denúncias acusavam a varejista brasileira de racismo por ter criado um programa de trainees voltado exclusivamente para pessoas negras. 

Os denunciantes alertavam que o programa “impede que pessoas que não tenham o tom de pele desejado pela empresa” participem do processo seletivo.

Para o MPT, no entanto, a política da companhia é legítima, pois a reserva de vagas à população negra configura ação afirmativa, além de “elemento de reparação histórica da exclusão da população negra do mercado de trabalho digno”.

No indeferimento, o MPT destacou ainda a falta de oportunidades de trabalho para negros, a desigualdade na remuneração e as barreiras para a ascensão profissional em comparação com os “índices de acesso, remuneração e ascensão profissional da população branca”.

Ao concluir, segundo O Globo, o MPT acrescentou que ações afirmativas como a promovida pelo Magazine Luiza possuem amparo na Constituição Federal, no Estatuto da Igualdade Racial e na Convenção internacional sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial, da qual o Brasil é signatário.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram