- PUBLICIDADE -

Repórter promove China durante coletiva de imprensa com Trump

Reporter promove China durante coletiva de imprensa com Trump

- PUBLICIDADE -

“Para quem você está trabalhando, China?”, indagou Trump após jornalista elogiar os esforços do regime comunista.

Membros do Partido Republicano estão em alerta após uma repórter ligada à máquina de propaganda da China obter acesso à coletiva de imprensa diária da Casa Branca sobre a pandemia do novo coronavírus

Uma jornalista da Phoenix TV, emissora baseada em Hong Kong, usou a entrevista coletiva com o presidente Donald Trump, nesta segunda-feira (6), para promover os esforços do regime comunista chinês no combate ao Covid-19.

Durante questionamento direcionado a Trump, a repórter destacou as ações de Pequim:

“Apenas na semana passada, vários vôos vindos da China chegaram cheios de suprimentos médicos. Empresas como Huawei e Alibaba doaram 1,5 milhão de máscaras N95, luvas médicas e muito mais suprimentos médicos para os EUA.”

“Parece mais uma afirmação do que uma pergunta”, alertou o chefe da Casa Branca. A repórter então perguntou se Trump estava disposto a trabalhar “diretamente” com a China.

O líder norte-americano respondeu que a China deveria honrar seus acordos comerciais com os EUA. “Para quem você está trabalhando, China? Com quem você está?”, indagou Trump.

A jornalista sorriu. “Hum, não, eu estou trabalhando para a TV Phoenix, de Hong Kong”, explicou ela.

A Phoenix TV vem buscando uma expansão agressiva em território norte-americano. A emissora tem laços bem mais estreitos com o regime chinês do que a jornalista revelou, destaca a emissora Fox News.

Confira o vídeo (em inglês) da interação entre Trump e a repórter de Hong Kong durante entrevista na Casa Branca nesta segunda-feira.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -