Português   English   Español

Repressão contra protestos na Venezuela já deixa dois mortos

Repressão contra protestos na Venezuela já deixa dois mortos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Mulher morreu com um tiro na cabeça nesta quarta-feira (1º). 27 pessoas ficaram feridas nos protestos. Rapaz de 24 anos perdeu a vida nos atos de terça (30).


A jovem Jurubith Rausseo García morreu nesta quarta-feira (1º) durante os protestos contra o ditador Nicolás Maduro na Venezuela.

A informação foi confirmada pela ONG Observatorio de Conflictos (OVCS). Com essa morte, sobe para dois o número de vítimas fatais na insurreição contra o regime chavista liderada pelo presidente interino Juan Guaidó.

“Condenamos o assassinato da jovem Jurubith Rausseo García, de 27 anos, por um disparo em sua cabeça durante manifestação em Altamira (Caracas)”, informou a ONG em sua conta no Twitter.

Na noite da última terça-feira (30), um venezuelano de 24 anos, identificado como Samuel Enrique Méndez, morreu durante os protestos ocorridos no Estado de Aragua, segundo informou a ONG Provea, que não detalhou as causas da morte.

Em pronunciamento durante manifestação em Caracas, neste dia 1º de maio, Guaidó admitiu que não possui apoio suficiente nas Forças Armadas, mas reforçou o pedido para protestos diários pelo país, como noticiou a RENOVA.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...