Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Resultado precisa refletir vontade dos eleitores dos EUA, diz Barr

Resultado precisa refletir vontade dos eleitores dos EUA diz Barr
COMPARTILHE

Procurador-geral diz que resultados devem refletir “com precisão a vontade dos eleitores”.

O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, autorizou o Departamento de Justiça (DOJ) a examinar irregularidades na votação na eleição presidencial de 2020. 

Em um memorando emitido, nesta segunda-feira (9), Barr declarou:  

“Agora que a votação foi concluída, é imperativo que o povo americano possa confiar que nossas eleições foram conduzidas de forma que os resultados reflitam com precisão a vontade dos eleitores.” 

Barr acrescentou que, embora os estados tenham a responsabilidade primária de conduzir e supervisionar as eleições, o DOJ tem “a obrigação de garantir que as eleições federais sejam conduzidas de forma que o povo americano possa ter plena confiança em seu processo eleitoral e seu governo”. 

Ainda no documento, o procurador-geral autorizou que procuradores federais investiguem as “alegações substanciais” de fraudes: 

“Diante disso, e dado que a votação em nossas eleições atuais já foi concluída, autorizo vocês a prosseguirem com alegações substanciais de irregularidades na votação e na apuração de votos antes da certificação das eleições em suas jurisdições.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE