Reunião de militares candidatos deixa esquerda brasileira assustada

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.
Capa: ANDRE DUSEK/ESTADAO

Vários fatores indicam que em 2018 será formada uma grande bancada militar no Congresso Nacional e em casas legislativas por todo o país.


Após pesquisa recente apontar que boa parte da população brasileira concorda com uma intervenção das Forças Armadas em caso de calamidade pública, a esquerda brasileira se mostra cada vez mais desesperada com a confiança do povo nos militares.

Uma reunião ocorrida nessa terça-feira (8) com a presença de generais, oficiais e sargentos foi mencionada em vários jornais. Segundo informações do Estadão:

Motivados pelo desempenho do deputado e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) nas pesquisas eleitorais, pelo menos 71 militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica lançaram pré-candidaturas a vagas no Congresso e no Executivo em 25 Estados e no Distrito Federal. Por enquanto, só o Acre não tem candidato nesse grupo. Parte deles se reuniu nessa terça-feira, 8, pela primeira vez, em Brasília para unificar o discurso.

O general Hamilton Mourão também se movimentou nos últimos dias, fechando filiação com o PRTB.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...