Reunião de militares candidatos deixa esquerda brasileira assustada

Capa: ANDRE DUSEK/ESTADAO

Vários fatores indicam que em 2018 será formada uma grande bancada militar no Congresso Nacional e em casas legislativas por todo o país.

Após pesquisa recente apontar que boa parte da população brasileira concorda com uma intervenção das Forças Armadas em caso de calamidade pública, a esquerda brasileira se mostra cada vez mais desesperada com a confiança do povo nos militares.

Uma reunião ocorrida nessa terça-feira (8) com a presença de generais, oficiais e sargentos foi mencionada em vários jornais. Segundo informações do Estadão:

Motivados pelo desempenho do deputado e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) nas pesquisas eleitorais, pelo menos 71 militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica lançaram pré-candidaturas a vagas no Congresso e no Executivo em 25 Estados e no Distrito Federal. Por enquanto, só o Acre não tem candidato nesse grupo. Parte deles se reuniu nessa terça-feira, 8, pela primeira vez, em Brasília para unificar o discurso.

O general Hamilton Mourão também se movimentou nos últimos dias, fechando filiação com o PRTB.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

2 Comentários

  1. Defendo candidatura militar …mas com partido extra definido como partido militares .
    Onde nenhum candidato a presidente seja inferior a um General …posição em que a hierarquia deva ser mantida …onde um capitão não seja superior a um General por ser presidente .

  2. Ednaldo Guedes Fernandes disse:

    VIVA A LIBERDADE
    Hoje já é muito difícil olhar para um político e dizer: Esse eu confio; antes já era muito arriscado, imagine agora com tamanha roubalheira que assola nosso País. A desonestidade está generalizada em muitos setores da sociedade. Vemos desvios de dinheiro, superfaturamento de obras, sonegação fiscal, improbidades administrativas aos montes, nepotismo, lavagem de dinheiro, compra de votos, formação de quadrilhas, tráfico de armas e drogas, crimes organizados, fraudes eleitorais e etc.
    Então, diante de tantas estreitezas, levado pelo mais profundo sentimento de aflição; pensado em todos aqueles cidadãos que sofreram vítimas desses corruptos, que sem piedade, usurparam do seu direito, aquilo que de mais sagrado lhe compete, sua dignidade. Não existe crime maior do que tirar do cidadão o que lhe é mais sagrado, seu direito à sua subsistência.
    Vemos acontecer do meio dia a meia noite, toda essa situação, como algo muito comum e natural, numa visão opaca e obscura das autoridades num volume tão grande, que fica inviável às autoridades constituídas, dar conta de toda demanda. O que se tem tramitando na Justiça é muito pouco em detrimento ao volume imenso das fraudes que campeão nosso País. É por isso que se diz: FULANO OU FULANA TEM O RABO PRESO. Vamos combater e dar nomes aos bois.
    Agora, mais uma vez e como sempre, com a convicção que me foi outorgado do fundo do meu ser, dizer da grande importância de uma intervenção Militar, para que seja restaurada a Ordem Pública e que o cidadão possa restabelecer sua dignidade. Nossa Soberania e a Democracia têm tem que ser preservadas a todo custo. Avante Brasil!
    Escrito por: Ednaldo Guedes Fernandes em 14/05/2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *