Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Revista americana aponta Mourão como oponente de Bolsonaro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Revista americana aponta Mourão como oponente de Bolsonaro

O artigo diz que Mourão era visto como uma figura radical mas que, “percebendo uma oportunidade”, o general “passou pelo que parece uma metamorfose ideológica”.

A suposta rivalidade entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o seu vice, Hamilton Mourão, está repercutindo na imprensa internacional.

De acordo com um artigo publicado pela revista norte-americana Americas Quarterly, enquanto a oposição ao governo parece perdida, Mourão se consolida como o principal oponente do presidente.

O texto assinado pelo professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Oliver Stuenkel, afirma:

“Depois de pouco mais de cem dias no poder, o governo do presidente Jair Bolsonaro está em guerra consigo mesmo, e o presidente consegue cada vez menos controlar os setores próximos a ele na briga por influência.”

O docente da FGV critica duramente o governo Bolsonaro ao longo do texto e diz que Mourão está muito bem posicionado para assumir o governo, se necessário:

“Em vez de participar ativamente de esquemas, o ex-general pode simplesmente esperar que o inexperiente presidente cambalear em direção ao abismo.”

Em outubro de 2018, Brian Winter, o editor da revista, que é considerada uma das principais publicações da América Latina, declarou:

“[Jair] Bolsonaro ganhou a eleição com ideias. Ele entendeu que crime e corrupção eram os grandes temas enquanto PSDB e PT não podiam ou não queriam abordá-los e passou mais de dois anos falando nisso para seu enorme grupo de seguidores nas mídias sociais.”

Importante ressaltar que, segundo O Antagonista, Winter está longe de ser um “bolsonarista”.

O jornalista vem cobrindo a política brasileira com atenção nos últimos anos, como no caso do atentado sofrido por Bolsonaro durante comício em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais, em setembro de 2018.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email