Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Revista Época classifica ato obsceno em SP de ‘performance’

Revista Época classifica ato obsceno em SP de 'performance'
COMPARTILHE

Em menos de 24 horas, a revista Época mudou a classificação do polêmico vídeo publicado por Bolsonaro de “pornografia” para “performance”.

Em matéria publicada na tarde desta quinta-feira (7) com o título “Quem é o protagonista do vídeo postado por Bolsonaro“, a revista Época diz que o “performer formado na Argentina não se identifica nem como homem nem como mulher, mas fala de si no gênero feminino”.

Ainda de acordo com a revista:

“Pessoas presentes durante a performance realizada durante o bloco chamado de BloCU, no centro de São Paulo durante o carnaval, afirmam que a apresentação não se resumiu a apenas à chuva dourada e manuseio do ânus.”

Por motivos ainda desconhecidos, a revista deixou de classificar o ato obsceno como uma “pornografia” e passou a considerá-lo como uma “performance”.

Em matéria publicada na quarta-feira (6), a revista convidou dois juristas para responder a seguinte questão:

“Bolsonaro quebrou o decoro e descumpriu a Constituição ao publicar pornografia em seu perfil oficial?”

Analisando um pouco mais a linha do tempo de publicações da revista do Grupo Globo, podemos ver outra matéria publicada ontem classificando o ato praticado no carnaval de São Paulo como “pornográfico”.

O que aconteceu para a revista Época mudar de opinião em menos de 24 horas?

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE