- PUBLICIDADE -

Revista japonesa é encerrada após publicação de artigo ‘homofóbico’

Revista japonesa é encerrada após publicação de artigo 'homofóbico'
- PUBLICIDADE -

Uma tradicional revista do Japão será fechada após a publicação de um artigo escrito por uma parlamentar do Partido Liberal Democrata.

Na edição do mês passado, a “Shincho 45” publicou texto escrito por Mio Sugita, no qual ela descrevia a comunidade LGBT como “improdutiva” e questionou o uso de dinheiro público para apoiar políticas públicas para essa parcela da população.

Segundo a parlamentar, casais do mesmo sexo “não produzem crianças. Em outras palavras, eles são improdutivos e, dessa forma, não contribuem para a prosperidade da nação”.

Na época, o Partido Liberal Democrata se desculpou publicamente, dizendo que a visão de Mio não é compartilhada pelo partido e que o artigo “mostra sua falta de entendimento sobre as questões LGBT e de consideração aos sentimentos das pessoas envolvidas”.

A controvérsia poderia ter sido encerrada, mas na edição do mês de outubro, que acaba de ser publicada, a “Shincho 45” retomou a polêmica com a manchete “O artigo de Sugita é tão revoltante?”, no qual questiona a reação ao texto publicado pelo parlamentar.

Para a editora, Shinchosha, a publicação dos dois artigos foi um erro. O anúncio do encerramento da revista foi feito na terça-feira (25).

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -