- PUBLICIDADE -

Ricardo Salles diz que é preciso endurecer fiscalização de barragens

Ricardo Salles diz que é preciso endurecer fiscalização de barragens

- PUBLICIDADE -

O ministro Ricardo Salles disse neste sábado (26) que é necessário endurecer a fiscalização das atividades de maior risco ao meio ambiente, como as barragens de depósito de rejeitos.

Ricardo Salles é um dos ministros escalados pelo presidente Jair Bolsonaro para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem em Brumadinho.

“O que é preciso ter em termos de revisão da legislação ambiental é tirar questões simples e aprofundar nas questões complexas de maior risco”, afirmou o ministro.

A intenção, segundo Salles, é dar foco ao processo de fiscalização ambiental.

“Para que as equipes possam se dedicar com mais afinco, usando recursos tecnológicos e humanos nas atividades com maior potencial [de risco], como é o caso das barragens”, acrescentou.

Salles acredita que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no caso da tragédia em Brumadinho, agiu com rapidez e rigor.

“O que precisa haver é foco na atuação. Em situações de maior risco, maior complexidade, ter as esquipes de licenciamento ambiental com foco, com dedicação”, argumentou, segundo o “Hoje em Dia“.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -