- PUBLICIDADE -

Ricardo Salles faz pedido ao STF sobre inquérito da PF

Ricardo Salles celebra redução de queimadas em setembro
- PUBLICIDADE -

Ministro é alvo de inquérito da PF sobre favorecimento ao contrabando de madeiras da Amazônia.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para depor diretamente ao procurador-geral da República, Augusto Aras, em inquérito da Polícia Federal (PF).

Alvo de busca e apreensão duas semana atrás, Salles é um dos nomes presentes em investigação da PF sobre a participação de agentes públicos na exportação ilegal de madeira.

A defesa de Salles disse ao relator do caso, ministro Alexandre de Moraes, que o depoimento contribuirá para que “os fatos sob investigação possam ser cabalmente esclarecidos o mais rápido possível”. 

Além de Aras, de acordo com o pedido da defesa do ministro, um representante da PF também estaria presente para ouvir o depoimento de Salles.

De acordo com o inquérito, a PF apontou “fortes indícios” de envolvimento do ministro na facilitação ao contrabando de madeira, incluindo operações financeiras “suspeitas” envolvendo o escritório de advocacia dele em São Paulo

Ricardo Salles nega irregularidades. Os advogados Roberto Podval e Daniel Romeiro são os representantes do ministro no caso.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -