Português   English   Español
Português   English   Español

Ricardo Salles ordena ‘pente-fino’ no Fundo Amazônia

Ricardo Salles ordena 'pente-fino' no Fundo Amazônia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) os contratos do Fundo Amazônia.

A promessa do presidente da República, Jair Bolsonaro, de fazer uma devassa no BNDES segue mostrando sinais de avanço.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu ao banco estatal, no começo de janeiro, todos os contratos do Fundo Amazônia.

Gerido pelo banco estatal e abastecido com doações estrangeiras, o Fundo foi criado em 2008 para financiar projetos de desenvolvimento sustentável que ajudem a reduzir o desmatamento.

Em dez anos, o Fundo Amazônia aprovou e contratou 103 projetos, a maior parte com organizações não governamentais (ONGs), e recebeu doações de R$ 3,4 bilhões. Desse total, já houve desembolso de mais de R$ 1 bilhão.

Segundo o jornal Valor, Salles afirmou:

“Queremos saber como o recurso do Fundo Amazônia, que é doado para o Brasil, é usado. A doação não é para o BNDES ou qualquer terceiro.”

O ministro acrescentou:

“Vamos analisar a forma de utilização dos recursos, se as opções prioritárias da utilização estão alinhadas com o que se pretende e se a execução desses contratos está sendo [feita] de maneira adequada.”

E completou:

“Qualquer avaliação além deste ponto é prematura porque nós não tivemos acesso aos documentos ainda. Depois que tiver tido acesso aos documentos, vou poder dar uma opinião de mérito sobre o que foi visto lá.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!