- PUBLICIDADE -

‘Risco grave’, diz ONU sobre lei de segurança em Hong Kong

‘Risco grave’, diz ONU sobre lei de segurança em Hong Kong

Diversos países ocidentais, encabeçados pelos EUA, condenaram a nova lei em Hong Kong.

- PUBLICIDADE -

Em carta para a China, relatores especiais da Organização das Nações Unidas (ONU) alertaram, nesta sexta-feira (4), que a lei de segurança em Hong Kong representa um risco para as liberdades do território.

O texto, que entrou em vigor no final de junho, é apontado por muitos como uma forma de Pequim conter os protestos pró-democracia que ganhavam força na ex-colônia do Reino Unido.

“As medidas adotadas apresentam um risco grave de que estas liberdades fundamentais sejam violadas”, afirmou o documento datado de 1º de setembro e que acusa a China de não respeitar suas obrigações internacionais.

O texto representa principalmente uma ameaça para “a liberdade de pensamento, de expressão e de reunião”, analisaram os especialistas. 

O documento da ONU diz ainda que a lei parece “criminalizar a liberdade de expressar qualquer crítica contra a China”, destaca a agência France-Presse.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -