Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Rodrigo Maia diz não ter pressa para instalar CPI da Lava Jato

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Rodrigo Maia diz não ter pressa para instalar CPI da Lava Jato

“Vamos avaliar com calma, não tem pressa. É uma questão muito delicada”, disse Maia sobre a CPI da Lava Jato.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou, nesta quarta-feira (18), que ainda não tomou uma decisão sobre a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Lava Jato.

A comissão foi protocolada pela oposição para se investigar a conduta do ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da República, Deltan Dallagnol, com base nas mensagens hackeadas divulgadas pelo site panfletário Intercept.

Segundo o site UOL, Maia declarou:

“Vamos avaliar com calma, não tem pressa. É uma questão muito delicada. Não é qualquer fato determinado que vai me fazer instalar essa CPI.”.

Para Maia, a iniciativa pode gerar desarmonia e desequilíbrio entre os poderes da República, citando como exemplo que o preocupa a tentativa de alguns senadores de instalar no Senado a CPI da Lava Toga:

“É um tema muito sensível. Da mesma forma que a CPI do Senado interfere no Judiciário, aqui também não podemos nunca interferir no trabalho de um juiz ou de um procurador. Uma investigação sobre isso seria inclusive inconstitucional. Pode investigar um crime ou delito de outro poder, mas qualquer decisão de abrir uma CPI sobre outro poder é muito delicada, por isso que eu não tenho pressa.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias