Rodrigo Maia diz que DEM pode virar ‘partido da boquinha’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Maia teria dito a ACM Neto que temia que a sigla seja vista como “partido da boquinha”.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou, nesta terça-feira (26), que o DEM pode ser visto como “partido da boquinha”. 

Em reunião fechada no Rio de Janeiro, Maia pediu empenho do presidente nacional do partido, ACM Neto (BA), na eleição interna da Casa. 

Maia é o principal fiador da candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara.  

No entanto, deputados do DEM vêm manifestando apoio ao adversário de Rossi, deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro

De acordo com o jornal Folha, Maia teria demonstrado insatisfação com ACM Neto, que não teria usado sua influência como presidente do partido para impedir as manifestações públicas de apoio a Lira, principalmente de integrantes do DEM da Bahia. 

Maia teria dito a ACM Neto que temia que a sigla seja vista como “partido da boquinha” por se render a cargos e emendas ao orçamento oferecidos pelo governo Bolsonaro. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.