Português   English   Español
Português   English   Español

Rodrigo Maia diz que novo fundo eleitoral é um ‘avanço’

Rodrigo Maia diz que novo fundo eleitoral é um 'avanço'
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Presidente da Câmara defendeu nova lei sobre financiamento das eleições. O texto foi classificado como um “avanço”.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu, nesta quinta-feira (19), em São Paulo, a alteração nas regras para os partidos e para as eleições.

Ao comentar sobre a lei aprovada na quarta-feira (18) pelo plenário da Casa, Maia disse que é melhor ter fundo eleitoral, com financiamento público das eleições, “do que não ter eleição”.

O parlamentar do DEM também disse que cabe agora ao presidente da República, Jair Bolsonaro, vetar ou não artigos contestáveis:

Para entrar em vigor nas eleições de 2020, o texto precisa ser publicado e ter os eventuais vetos analisados pelo Congresso Nacional até o mês de outubro.

Durante evento sobre a reforma tributária promovido pela Ancham (Câmara Americana de Comércio), nesta quinta-feira (19), Maia declarou:

“Foi aprovado um texto que melhorou o texto inicial da Câmara dos Deputados e com as principais polêmicas, outras ainda existem, cabe agora o presidente o poder de veto. Nós entendemos que a maior parte do texto representa um avanço. Alguns interpretam alguns temas de uma forma que a gente discorda, nos aceitamos, o presidente agora vai decidir o que ele vai sancionar e o que vai vetar.”

E, segundo o site G1, acrescentou:

“Ou a gente fala a verdade, ou quer se enganar? Quer o financiamento da pessoa física (às eleições), não tem problema: a classe média não tem recurso pra financiar, não tem cultura pra financiar, o mais pobre nem se fala. Vão financiar pessoas físicas ricas e vão escolher quem vai ser eleito e quem não vai ser eleito. O fundo eleitoral (dos partidos), já que não há financiamento de pessoa jurídica, é um encaminhamento que gera a democratização do processo eleitoral. Gera polêmica, gera. Mas a maior polêmica seria se não tem eleição.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!